Estudos Bíblicos

“Curados para curar…”

Essa tem sido uma frase muito recorrente ultimamente… tenho ouvido e falado também sobre a importância de sermos “curados para poder curar”, mas, será que realmente entendemos o que é isso? O peso e a importância que tem e o “preço” que deve ser pago para que isso seja possível?

“Nada é de GRAÇA”! Você já ouviu essa frase? Ela é real, pois, pode até “parecer que algo é de graça”, mas, alguém teve que pagar.

A própria Salvação em CRISTO não é “de graça” e sim “PELA GRAÇA” – Efésios 2:8 está escrito “porque PELA GRAÇA sois salvos, por meio da FÉ, e isto não vem de vós, é dom de DEUS”.

Nosso amado JESUS pagou um alto preço… preço de sangue para que DEUS nos “resgatasse do império das trevas e transportasse para o Reino do Filho do Seu Amor” – Colossenses 1:13

É muito gratificante celebrar a “cura”, seja ela: física, emocional ou espiritual…

É muito gratificante celebrar a salvação, libertação, reconciliação de alguém…

A questão é: estamos cientes da parte que nos cabe?

Estamos cientes que, para que haja qualquer tipo de RESTAURAÇÃO, deve haver da nossa parte:

* Muita oração envolvida?

* Revelação de unidade entre os irmãos?

* Renúncia?

* Desprendimento?

* Generosidade?

* Compaixão?

Ah… que lição poderosa nos ensina a Igreja Primitiva – Atos 2:42-44

“Eles se dedicavam ao ensino dos apóstolos e à comunhão, ao partir do pão e às orações.

TODOS estavam cheios de temor, e MUITAS maravilhas e sinais eram feitos pelos apóstolos.

TODOS os que criam mantinham-se unidos e tinham tudo em comum.”

A consequência? v 47 – “…tinham a simpatia de todo o povo.

E o SENHOR lhes acrescentava diariamente os que iam SENDO SALVOS!”

No amor de CRISTO,

Pra Fúlvia Maranhão

END. R. Gêmeos, 64 - Alphaville Conde I - Barueri - SP - 06473-020

PHONE +55 11 4191-6808